Foto: Roni Adame

Foto: Eduardo Bernardino

PULSÃO

2013 | Teatro performativo

O espetáculo de teatro relacional tem como tema a motivação de viver diante do risco da morte. O roteiro trata da internação hospitalar e do enfrentamento de uma doença grave. A dramaturgia foi desenvolvida coletivamente, por meio da criação de jogos relacionais e de cenas que operam no limite entre o teatro e a arte da performance. O intuito é mobilizar reflexões e vivências em torno do conceito de potência de vida (no sentido nietschiano) e da motivação de viver diante do risco de morte por meio do teatro relacional, na perspectiva da estética relacional.

Realização | Desvio Coletivo

Atividades exercidas | Atuação; Produção 

Foto: Eduardo Bernardino

SINOPSE

O roteiro trata da vida agitada das grandes metrópoles, traz uma mulher comum, a personagem Norma, como fio-condutor e um empreendimento imobiliário como mote principal para colocar em evidência acontecimentos banais na aparente normalidade da vida cotidiana. O  projeto brinca com realidade e ficção, tornando o público ora observador distante ora personagem da trama, o público se torna jogador/feitor de uma história.

Realização | Coletivo PI

Atividades exercidas | Atuação; Direção de Produção; Comunicação

Foto: Eduardo Bernardino

HISTÓRICO

2013 Bienal Internacional de Teatro da Universidade de São Paulo 05, 06/11/2013 - Tenda Cultural Ortega Y Gasset - USP - São Paulo/SP; 08, 09 e 10/11/2013 - TUSP - Teatro da Universidade de São Paulo​. 2014 O espetáculo foi destaque na sessão Dossiê Teatral da Revista Sala Preta, da USP - São Paulo/SP, com oito artigos analizando a espetáculo escritos por artistas, críticos, pesquisadores e equipe Desvio Coletivo.​ Link da revista: v. 14, n. 1 (2014) Performance e Política

Foto: Eduardo Bernardino